As bebidas energéticas podem colocar seu coração em risco

Nutrição 21 ago. 2021 01:08 Guilherme

Novos dados sugerem que esse tipo de hidratação altera a atividade vascular do coração. E essa alteração à atividade elétrica de um órgão tão importante pode até causar lesões.

O uso de bebidas energéticas no ciclismo

Existem muitas marcas, muitos tipos, sabores e propriedades, mas todos eles têm um ponto em comum: são bebidas que contêm elementos estimulantes e potencializadores de energia. Não importa se estamos falando de teína, taurina ou, principalmente, cafeína. As bebidas energéticas são um extra para o seu corpo, a fim de atingir aquele ponto, que um estado de ânimo ou um pico de baixa energia, pode fazer você perder.

bebidas-energeticas-corazon

O prestigioso jornal norte-americano Journal of the American Heart Association publicou um estudo bastante breve, mas aponta em uma direção clara: as bebidas energéticas influenciam o funcionamento natural do coração e, misturadas com um problema genético não detectado, com doenças cardíacas ou simplesmente com um estado de baixa resistência das paredes do coração, pode aumentar as lesões nele.

bebidas-energeticas-corazon

O estudo enfatiza as bebidas energéticas com cafeína e sua conclusão geral é clara e direta: essas bebidas energéticas causam um aumento na pressão arterial e uma alteração no sistema elétrico do coração. Ou seja, sua pressão arterial aumenta e esse aumento produz interferência no fluxo elétrico natural que é o que faz seu coração não parar de bater.

bebidas-energeticas-corazon

As críticas ao estudo, como de costume, surgiram apenas por causa da amostra colhida: 34 pessoas saudáveis. É verdade que se trata de uma amostra pequena, mas a metodologia utilizada também chama a atenção, por mais curta que seja a seleção: metade recebeu energético e a segunda metade somente bebida placebo, que não era energético, mas simulava.

bebidas-energeticas-corazon

Ao medir a atividade elétrica e a pressão arterial do coração de maneira constante, os valores eram clarividentes: todos que haviam tomado bebidas energéticas tinham intervalos de preparação de batida maiores e inclusive os tiveram até quase quatro horas após o teste. Esses tipos de alterações são uma das principais causas de arritmias e, por isso disparam os alarmes.

Não é o primeiro estudo a atacar bebidas energéticas

A verdade é que este estudo não nos surpreende. As bebidas energéticas têm estado no foco de análises e críticas de cientistas, profissionais de saúde e especialistas em geral há anos. Sua popularidade e seu consumo são bastante extensos, mas a pergunta que muitos deles se colocam é se eles são realmente necessários ou benéficos para o corpo. Não confunda com bebidas isotônicas, que não têm nada a ver com isso.

bebidas-energeticas-corazon

Se, como ciclista, você leva uma vida saudável, não precisa deles. Mas é verdade que ocasionalmente você pode precisar desse extra, principalmente a cafeína, para despertar um pouco o corpo antes de um treino exigente, no qual o primordial deve ser a sua hidratação.

Nesse caso, o café ainda é a melhor solução. Sobretudo porque os especialistas não apontam apenas para a cafeína, mas para sua combinação com outros elementos que ainda não conhecem a fundo, então os riscos, realmente, poderiam ser maiores até do que o que foi estudado.

bebidas-energeticas-corazon

Já faz um tempo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) listou as bebidas energéticas como um dos alimentos que representam um perigo potencial para a saúde pública. Quando isso aconteceu, as críticas não demoraram a chegar. Os estudos estão demorando um pouco, mas parece que aos poucos vai se confirmando: as bebidas energéticas não são saudáveis, principalmente para o coração.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!