Os ruídos mais comuns de sua mountain bike

Mountain Bike 11 oct. 2021 00:10 Guilherme

Os ruídos são um dos maiores inimigos dos ciclistas. Basta ouvir um leve som que não deveria estar ali para que todos os alarmes disparem. Aqui repassamos os ruídos mais comuns, de onde eles geralmente vêm e como resolvê-los.

ruido-en-mountain-bike/

Os ruídos de uma mountain bike

Podem ser muitos ruídos produzidos pela sua mountain bike. Obviamente, o primeiro passo será tentar encontrar a origem do ruído para resolvê-lo e fazê-lo desaparecer. Para isso, é melhor pedalar procurando o foco e limita-lo.

Esses ruídos podem ser muito variados. Um ruído áspero, arranhão, atrito, rangidos ou até mesmo algumas vibrações são a gama que você pode encontrar. Dependendo do tipo, eles já podem dizer a origem e o motivo: um rangido constante indica uma peça móvel; Enquanto uma vibração, por exemplo, incide sobre as rodas ou direção, podendo ser um mau ajuste, uma peça solta ou algo danificado.

ruido-en-mountain-bike/

Mas o ideal será, como dissemos, pesquisar, testar e limitar, e a partir disso você encontrará indicações de acordo com a parte que produz o ruído.

Se o ruído vier da área do pedivela, não entre em pânico. É sem dúvida uma das áreas mais expostas à geração de ruído: é uma das partes mais móveis da mountain bike, junto com os cubos e as rodas; está muito perto do solo; e está muito exposto a sujeira, abrasão ou alguma pancada. Normalmente, esses ruídos são resolvidos com limpeza externa. Caso contrário, será necessário desmontar, limpar e lubrificar internamente. Se o ruído persistir, poderá ser algum desgaste ou uma peça quebrada que deverá ser substituída.

ruido-en-mountain-bike/

A transmissão tem sido a dor de cabeça por muitos anos. É verdade que os câmbios eletrônicos e sistemas mais novos como o sistema fechado movido por pressão de líquido (desenvolvido pela Rotor) tem reduzido muito esses ruídos. E é porque eles costumavam ser produzidos por um desajuste e esses novos sistemas corrigem muito esses tais desajustes. Portanto, o mais lógico é pensar que se trata de um ruído comum, normal e de fácil solução. Observe a corrente, para ver se está com a tensão adequada ou se o desgaste é tal que mereça uma troca. Verifique também a tensão dos cabos, se tiver acesso a ele. Finalmente, verifique a eficiência e a precisão do câmbio. Aí costuma estar a solução, ou seja, em um bom ajuste da transmissão. Se ainda houver algo que não se encaixe, observe a gancheira. É essa parte que prende o câmbio traseiro ao quadro. Qualquer golpe no uso de sua mountain bike pode entortar levemente a gancheira e alterar o funcionamento da transmissão. Às vezes, pode até estar rachada ou parcialmente partida. É uma peça barata e de fácil reposição.

ruido-en-mountain-bike/

Embora tenhamos assinalado que existem sistemas totalmente herméticos, não é o mais comum. Portanto, verifique o cabeamento da sua mountain bike. A parte interna dos conduítes tende a se desgastar. Esse desgaste é produzido por pequenas partículas de poeira e água que podem entrar, junto com o atrito constante do cabo de aço, que vai consumindo a parte interna do conduíte. É aconselhável substituir os cabos e os conduítes todos os anos.

ruido-en-mountain-bike/

Você pode ouvir ruídos vindos da parte central, mas depois de verificar o pedivela, descobre-se que não é de lá. Você pode verificar o selim e o canote, porque muitas vezes pode ser a causa. Quem não desmontou todo o bloco do selim e já encontrou sujeira, principalmente no canote? Uma mountain bike consome muita poeira. É impossível que as micro partículas de poeira não entrem, então desmonte e limpe. Desta forma, você também verificará se esta usando o sistema de ajuste muito apertado, o que pode causar danos ao canote de selim. Alguns modelos novos de mountain bike já possuem uma rosca especial e específica que torna a pressão ideal, sem excessos ou defeitos. Você também pode usar um torquímetro, que predetermina a pressão exata, embora seja uma ferramenta mais especifica.

ruido-en-mountain-bike/

A direção, mais do que o som, costuma manifestar que precisa de uma revisão por folgas, movimentos estranhos, sensação de falta de controle total ou o giro apresenta muita resistência ou muito leve. Portanto, você não apenas aguça sua audição, mas também deve aguçar seu toque.

ruido-en-mountain-bike/

O sistema de freio é outro elemento que aconselhamos revisar. Os tradicionais sistemas de sapatas chiavam se a borracha estava rachada ou gasta. É claro que a entrada do sistema de freios a disco, especialmente nas mountain bikes, revolucionou esse sistema. Se gritar, que é o som típico, pense primeiro se pode ser por causa da umidade: você cruzou um rio, áreas alagadas ou está chovendo. Nesse caso, você precisará secar as peças. Se o ruído persistir e os discos e pastilhas estiverem limpos, secos e encaixados corretamente, é devido a pastilhas gastas. Pense que é um componente que deve ser substituído, não é eterno.

ruido-en-mountain-bike/

Truques para evitar barulho em sua mountain bike

O ajuste antes de cada treino é essencial. E também a limpeza após cada uso. Lembre-se: ajuste sem forçar; e limpe sem pressão. Se você usar sistemas de limpeza a pressão, mantenha uma distância de 70 a 80 centímetros para não danificar certos componentes.

Seque bem e lubrifique. Diferença entre óleo e graxa, parece óbvio, mas uma confusão pode fazer com que você tenha que começar do zero.

Não é tão complicado, se concentra em três aspectos: ajuste, limpeza e lubrificação. Sua mountain bike precisa seguir estas três etapas para estar em ótimas condições, não se esqueça disso.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!