A Porsche compra a maior parte da Greyp eBikes

Ciclismo Urbano 23 nov. 2021 21:11 Guilherme

A montadora Porsche acaba de anunciar que aumentou sua participação na Greyp eBikes e agora é acionista majoritária. Com este movimento, a Porsche confirma a sua expansão para o mercado de bicicletas elétricas, que já havia começado com a fabricação de alguns modelos próprios e a criação de mais uma nova marca.

A Porsche mantém a maioria das Greyp eBikes

A empresa croata Greyp é muito popular por suas bicicletas elétricas e pela publicidade que faz delas com jogadores de futebol de renome, como Messi ou Sergio Ramos. Há alguns anos, a Porsche já apostou na Greyp, tendo uma participação de 10% na empresa e 25% na Rimac, empresa matriz da Greyp dedicada ao desenvolvimento de carros esportivos elétricos. Mas agora deu um passo adiante ao assumir a participação majoritária na Greyp.

 

“Estou muito orgulhoso da equipe Greyp, liderada por Krešimir Hlede, e do que eles construíram nos últimos 7 anos. Esta equipe de 100 pessoas criou, sem dúvida, as bicicletas elétricas mais conectadas e tecnologicamente avançadas do mercado, estabeleceu a produção em série em Sveta Nedelja e já despachou bicicletas para todo o mundo. Ao mesmo tempo, Greyp estava na sombra da Rimac e nunca poderia florescer em todo o seu potencial.

Agora, começamos um novo e emocionante capítulo na história da empresa, com a Porsche comprando a participação majoritária na Greyp. Essa será a semente de algo grande, mas falaremos sobre isso em outra ocasião. O negócio ainda está em sua fase final, então não posso falar muito ainda ", declarou Mate Rimac, CEO do Grupo Rimac.

Lutz Meschke, vice-presidente do Conselho Executivo da Porsche AG, disse: "A Porsche é pioneira em mobilidade sustentável e está constantemente impulsionando sua estratégia de e-mobilidade. Nossas atividades no setor de bicicletas elétricas reforçam nossa abordagem consistente. A Porsche tem sido um fornecedor líder de plug-in híbridos por anos, em 2019 lançamos o primeiro Porsche totalmente elétrico, o Taycan, e no ano passado, um em cada três veículos que entregamos estava equipado com um motor elétrico. Nossa meta ambiciosa é ter um balanço neutro de CO2 em toda a cadeia de valor até 2030. "

Volkswagen está por trás de um dos maiores movimentos na indústria do ciclismo

Não podemos esquecer que por trás da Porsche está o Grupo Volkswagen e se colocarmos o foco neste grupo dedicado à fabricação de automóveis é mais do que evidente que sua passagem para a produção de bicicletas elétricas está se acelerando cada vez mais.

No Grupo Volkswagen, o catálogo de marcas de bicicletas elétricas não parou de crescer nos últimos anos graças à Ducati, Porsche, Cyklaer e agora à Greyp Bikes. E até o CEO da empresa, Herbert Diess, já se pronunciou como um forte defensor desse meio de transporte.

 CEO do Grupo Volkswagen testando eBikes Porsche e Ducati

Todas as previsões indicam que a bicicleta será um dos principais meios de transporte nos próximos anos, por isso ninguém se surpreenderá que os grandes protagonistas da mobilidade, os fabricantes de automóveis, se posicionem para conquistar a maior parte desse novo mercado.

Veremos nos próximos anos como as marcas de automóveis ultrapassarão as marcas de ciclismo mais importantes na produção de bicicletas? Conte-nos em nossas redes sociais.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!