Rodas de MTB alumínio vs carbono: prós e contras de cada uma

Componentes bicicleta 6 oct. 2021 12:10 Guilherme

Outro daqueles debates inúteis e recorrentes em que todos os ciclistas caem em algum momento é a questão dos materiais com os quais nossas rodas são feitas. O que é melhor? Alumínio? Carbono? O que você acha?

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

O dilema entre rodas de MTB de carbono ou de alumínio

Rigidez versus resistência. É assim que o debate em torno das rodas de mountain bike parece se resumir. Claro, esse debate tem muitos mais vértices, muitos mais fatores que acabam determinando uma decisão tão importante, mas a base sempre parte dessa dualidade: a de priorizar a rigidez do composto de carbono e sua leveza; ou optar pela resistência e adaptabilidade do alumínio.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

Que tipo de ciclista você é, que exigência e desempenho você tem, que preço está disposto a pagar ou quanta importância dá ao peso, acabarão por determinar sua decisão. É por isso que hoje queremos ajudá-lo nesse dilema.

Vantagens e desvantagens das rodas de MTB de carbono e de alumínio

Claro, o primeiro fator que costumamos levar em consideração é sempre o preço. Aqui está algo que você sabia ou poderia imaginar: as rodas de carbono são mais caras do que as rodas de alumínio no mountain bike. Mas é claro que mais caro nem sempre é melhor, certo? Portanto, este fator é de pouca utilidade para nós agora. Mas é preciso falar sobre isso, porque muitos ciclistas vão te dizer que não vale a pena gastar; enquanto outros dirão que é um dos melhores investimentos que você pode fazer. Observe a diferença: despesa ou investimento.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

Então, resumindo, vamos nos ater a outros fatores para ajudá-lo nessa decisão, que não é uma decisão tão simples quanto em uma bicicleta de estrada, onde o carbono sem dúvida prevaleceu principalmente por sua aerodinâmica e seu peso. Mas no mountain bike, onde seus aros ficam muito mais expostos, a história muda.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

O carbono tem metade da densidade do alumínio. O carbono é mais leve, ponto final. Mas também é mais rígido. Portanto, perder peso e ganhar rigidez é o argumento mais importante na defesa do uso de rodas de carbono. Porque o peso reduz o arrasto e aumenta o desempenho diretamente, e a rigidez faz que a cadência e controle da tração e da pedalada sejam também mais altas.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

Mas, sem dúvida, há um fator determinante: durabilidade ou sua capacidade de responder a impactos, fricção ou danos. Por isso falamos no início que é diferente do asfalto, porque nas mountain bikes as rodas sofrem mais. E a grande diferença diante de um elemento que danifica um aro de MTB é que o alumínio se adapta, entorta ou deforma um pouco, mas continua intacto; enquanto o carbono racha ou quebra diretamente. Imagine nesta situação, como proceder: com o alumínio, a roda ainda está no lugar, embora com um amassado, mas você pode consertar ou, caso tenha que trocar, o custo será menor. O carbono, se rachado, provavelmente será irreparável; portanto, não apenas você fica preso no momento, como substituí-lo é mais caro.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

Ou seja, para um ciclista que sabe que utiliza ao extremo sua mountain bike, talvez ele valorize mais poder trocar uma roda por um preço baixo sabendo que vai danificá-la, do que chorar ao ver seu aro de carbono rachado. É verdade que fabricantes como a Mavic oferecem garantia vitalícia, mas não para uso indevido, tenha isso em mente.

ruedas-mtb-aluminio-vs-carbono-pros-contras/

Esse é o argumento-chave sem dúvida, porque se o custo não fosse um fator a ser considerado, talvez todos optassem pelo carbono. Embora também existam aspectos secundários, como percorrer caminhos longos em que o reparo pode resultar em vida ou morte.

Em suma, os pontos a favor do carbono são claros: mais leve, mais rígido. Os pontos a favor do alumínio também: mais barato, mais reparável. Então você, que rodas você usa? E quais você usaria se fossem grátis ou tivessem o mesmo custo?

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!