As dietas Detox são necessárias?

Nutrição 27 ago. 2021 00:08 Guilherme

A dieta detox é fonte de polemicas constante entre nutricionistas e profissionais da medicina esportiva. Sua eficácia, alardeada por alguns e negada por outros, está em constante discussão. Hoje, neste artigo, tentaremos colocar em preto e branco o que você precisa saber sobre a dieta detox: ela é realmente eficaz e segura? Pode ser aplicado a prática esportiva como o ciclismo? Resumindo, você precisa fazer uma dieta detox?

dieta detox

O que é a dieta detox?

A dieta detox não é algo novo. Embora com outros nomes - em inglês tudo soa mais cool – há décadas as dietas de desintoxicação têm aparecido de uma forma ou de outra.

Hoje entendemos por dieta detox aquela que se baseia no consumo de frutas e vegetais, geralmente liquidificado, mas também inteiros ou no vapor, cujo consumo - disso não há dúvida - é recomendado e positivo para a saúde. Apenas um destes sucos batidos pode atingir o valor recomendado pela OMS de 5 unidades de fruta e vegetais por pessoa por dia, valor que infelizmente muitas pessoas estão longe de atingir.

É aplicável ao ciclismo?

A muitos chocará a inclusão de uma dieta com tão baixo poder calórico em um esporte que tanto precisa dele como o ciclismo. Uma dieta detox não aporta para um ciclista profissional, que deve suportar cargas de treino diárias que requerem muita energia, nem 10% do que necessita para compensar essa despesa.

No entanto, é verdade que cada vez mais profissionais de nutrição esportiva estão incluindo conceitos de dieta detox em seus planos nutricionais. Por exemplo, no último Tour de France houve equipes que apostaram na eliminação do glúten da dieta em dias de descanso, o que na ocasião, significa eliminar o macarrão. Esses mesmos profissionais apostam numa ligeira redução dos carboidratos acompanhada do aumento das frutas e vegetais, o que recentemente era impensável para qualquer atleta de pura resistência aeróbia.

dieta detox

Então qual é o problema?

O primeiro problema são as dúvidas razoáveis ??sobre sua eficácia. Não há evidências científicas suficientes para acreditar que uma dieta detox cumpra o que promete.

O que foi alertado por muitos especialistas em reportagem do jornal El País, na qual Susana Monereo, chefe do serviço de endocrinologia e nutrição do Hospital Universitário de Getafe, afirmava que "cientificamente o conceito de dieta detox tem falhas por toda parte". “Nosso corpo não funciona assim, apesar de gostarmos da cultura do imediato não podemos apagar em poucos dias os excessos de um ano” - conclui o nutricionista Aitor Sánchez-.

O próprio Aitor alerta para o perigo de "tentar resolver alguns excessos com outros. A dieta detox é deficiente em muitas coisas, e acompanhada de esportes intensos pode ser imprudente".

Outro dos especialistas consultados pelo El País -J.M. Mulet, um bioquímico da Universidade de Valência, vai além e fala sobre o extraordinário aumento da dieta detox está "patrocinada por uma indústria com um excedente de determinados produtos".

dieta detox

Conclusão

A dieta de detox pode fornecer conceitos interessantes. Aumentar o consumo de certos alimentos, mesmo fazendo uma purificação breve de não mais de 24 horas a partir de um almoço ou refeição normal, pode ser uma boa ideia, desde que se enquadre no cenário de uma dieta balanceada. Agora, ir mais longe e manter essa dieta nutricional por uma semana ou até 100 dias, como recomendado por alguns gurus da tendência, é algo que os especialistas em nutrição e medicina de todo o mundo alertam, ainda mais para quem pratica esporte regularmente.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!